Economia política do audiovisual – Perspectivas de Toby Miller

3 de maio de 2016 Processocom

Laura Martins de Moraes

Ao longo da história da humanidade, o ser humano foi capaz de realizar diversos feitos, como grandes invenções tecnológicas e conquistas científicas. O advento da televisão está dentro desse grupo de criações, mas essa possui um significado especial para a sociedade moderna, pois foi configurada como um significado para o conceito de unidade social, em uma sociedade de massa.

A televisão é um instrumento global que pode influenciar na mudança de situações cotidianas, como, por exemplo, fazer companhia, ambientando alguma peça da casa com a presença audiovisual. Além disso, ela nos choca, emociona, diverte e nos faz raciocinar através do meio visual a nossa própria vida.  Segundo Ferrés (1996, p.10): “hoje a televisão tornou-se o instrumento privilegiado de penetração cultural, de socialização, de formação, de consciências, de transmissão de ideologias e valores, de colonização.”

A discussão que o texto de Toby Miller, intitulado “A Televisão Acabou, a Televisão Virou Coisa do Passado, a Televisão Já Era” propõe aos leitores é preferencialmente sobre um panorama histórico, cheio de detalhes e dados referentes a características da evolução da televisão. Miller mostra as diferentes opiniões de autores mais antigos e contemporâneos sobre a evolução da televisão.

televisao

Com o decorrer da passagem dos anos, a TV vem se adaptando às novas realidades impostas em diversos países com suas particularidades. Segundo Miller, “a televisão possui, em síntese, uma existência física, uma história como objeto de produção material e de consumo, além da reputação de ser um local de produção de sentido. Todavia, desde sua origem, a TV tem sido, acima de tudo, um meio de enriquecer e legitimar os seus controladores, e de entreter e civilizar os telespectadores”. Creio que com essas palavras, a definição do que é a televisão pode ser melhor compreendida.

Mas com tantas mudanças que ocorreram com o passar das décadas, a televisão acabou perdendo sua identidade inicial. Com o advento da internet e todas as possibilidades de interação que a união da TV e este novo meio oferecem, creio que os conceitos se misturam muito e se enriquecem.  Mesmo assim, a forma de assistir televisão continua crescendo com sua popularização. Concordo com Miller quando ele fala em se imaginar a Internet em oposição à televisão. Para ele, isso é uma bobagem. Ao contrário, a internet é apenas mais uma forma de enviar e receber a televisão com entretenimento e informação ou seja lá qual for o conteúdo. Este fato me faz acreditar que a televisão está se tornando mais popular com a comunhão de toda a convergência atual que proporciona visão compartilhada dos conteúdos oferecidos, superar limitações e interpretações linguísticas.

comments
#Convergência#economia política do audiovisual#televisão

Previous Post

Next Post