Pesquisadores do Processocom participam de seminário internacional na Venezuela

17 de novembro de 2014 Processocom

Pesquisadores da Unisinos já estão em Caracas, Venezuela, participando de Encontros Metodológicas da Rede AMLAT, atividades de ensino e pesquisa na UNESR e do VIII Seminário Internacional de Metodologias Transformadoras da Rede AMLAT. Os eventos acontecem entre os dias 17 e 21 de novembro. A temática deste ano é “Processos Comunicacionais, Educação e Cidadania nas Lutas dos Povos”.

Do Brasil partiu um grupo de dez pesquisadores que fazem parte do Grupo de Pesquisa PROCESSOCOM e da Rede AMLAT para apresentar suas investigações em Caracas. Outros integrantes da Rede apresentarão suas pesquisas desde Natal, Belo Horizonte, Córdoba, Rio de Janeiro, Recife, Florianópolis e Curitiba por videooconferência. As mesas principais serão distribuídas entre os dias 19, 20 e 21 de novembro e podem ser acompanhadas à distância na Sala Conecta da Unisinos.

O evento, que acontece anualmente, tem como objetivo conhecer, compreender, refletir e situar perspectivas de pesquisa realizadas pelos grupos integrantes da Rede AMLAT com o intuito promover a integração e a cooperação entre os países latino-americanos, além de buscar novas estratégias para a resolução de problemáticas relevantes para a região. Nos eventos de 2014, alguns temas abordados serão: “Transmetodología, comunicación y transformaciones sociales en América Latina” (Brasil); “Ciudadanía comunicativa: aportes para el estudio de sus condiciones de posibilidad” (Argentina); “Comunicación, culturas y comunidades periféricas en la televisión brasileña: mapas de un proceso de investigación transmetodológico” (Brasil); “La Escuela para la participación en Salud Social: Una experiencia de formación transdisciplinaria” (Venezuela); “Teorías de la reproducción y la resistencia en la nueva sociología de la educación” (Chile); “Visión holística en el cultivo de conocimientos y metodologías” (Venezuela) y “Reinventemos la educación para liberar(nos)” (Venezuela).

Sobre a Rede AMLAT

A Rede iniciou em junho de 2009 com a temática Educação, Comunicação, Cidadania e Integração Latinoamericana. O primeiro seminário foi organizado pelo CEPAP-UNESR e foi realizado no campus da Universidade Bolivariana da Venezuela (UBV), na sede dos Chaguaramos; na sequência, foram realizados seminários na FACSO, em Quito-Equador; em Córdoba na Argentina; em João Pessoa e em São Leopoldo, Brasil. O coletivo se propõe à internacionalização e à integração de linhas de pesquisa nos eixos voltados para cidadania, educomunicação, metodologias e integração transformadora, na área de ciências da comunicação, orientadas para a estruturação de um campo científico forte na América Latina.  

Participam da Rede AMLAT: Unisinos (GP PROCESSOCOM), Universidad Nacional de Córdoba (CEA-UNC), Argentina; Universidad Central de Ecuador (FACSO-UCE); UFRN (GP-PRAGMA); IELUSC-NECOM de Santa Catarina (Brasil); UFSC-GrupCyber (Brasil), UFPB (Brasil); UFRR (AmaZoon – Observatório Cultural da Amazônia) (Brasil), e a Universidad Nacional Experimental Simón Rodríguez (UNESR- CEPAP) da Venezuela.

comments

Previous Post

Next Post