Integrantes do Processocom participam de lançamento

17 de março de 2014 Processocom

Vitória Brito Santos

Aconteceu neste final de semana, 15 e 16 de março, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), campus Porto Alegre o lançamento da Escola de Indústria Criativa. O lançamento do novo projeto – modelo de ensino – da instituição que visa unir diferentes cursos com base na ideia central da criatividade ocorreu na Sala Santander às 10h.

O evento que teve oficinas gratuitas e palestras como a de Edna dos Santos Duisenberg, reconhecida no mundo todo por seus estudos sobre a Indústria Criativa, agradou os estudantes das áreas acadêmicas que integram a nova escola. Os alunos ainda puderam aproveitar o espaço com DJ, a arena de jogos digitais e as exposições. Um passeio ciclístico foi realizado no domingo (16), além de um piquenique de encerramento.

Os alunos de jornalismo, bolsistas de Iniciação Científica do PPGCC da Unisinos e integrantes do Processocom, Paulo Júnior Melo da Luz e Maytê Ramos Pires participaram de duas oficinas no sábado (15), a oficina de: Moda, música e literatura e a de Fotografia  e Produção de Moda. Maytê ressalta que “ambas foram muito boas, a primeira foi mais um debate, com cinco convidados tratando da estreita relação entre os temas, cada um em sua especialidade. A segunda foi mais prática, montamos um look numa modelo e todos fotografaram ela, em variadas poses, em virtude do tema do ensaio que era minimalista – anos 90”.

Foto1493

Foto1496

Essas e mais 24 oficinas apresentaram muitas possibilidades da indústria criativa e mostraram os caminhos em que a escola da Unisinos pretende trabalhar: que é a busca pela aproximação das áreas do conhecimento. Uma visão contemporânea, e a promoção da inovação na pesquisa e nas práticas, com a conversa entre os campos do conhecimento. Ana Maria Guimarães, decana da escola de indústria criativa afirma “queremos promover a inovação na pesquisa e nas práticas relacionadas à indústria criativa, de maneira que possamos formar pessoas, pesquisar e fazer projetos aplicados, sempre pensando na excelência acadêmica.” A escola de Indústria Criativa é formada pelas áreas da Comunicação, Linguagem e Design, já que todas têm em comum o fato de trabalharem com questões de cultura, tecnologia e inovação, e sempre permeados pela criatividade e diversidade.

O surgimento das Escolas

A UNISINOS traz neste ano acadêmico que se inicia uma nova concepção de estrutura acadêmica, o conceito de escolas.  Buscando uma inflexão tecnológica e de internacionalização a instituição dá um passo importante em busca do conhecimento: a confluência temática própria dos diferentes Cursos, Programas, Projetos e Atividades de pesquisa, ensino e extensão em uma integração, articulação e promoção do debate teórico-metodológico, nos processos de produção do conhecimento.

A nova ideia de ensino, baseada em escolas, procura responder a transversalidade, superando as limitações que há com a segmentação da estrutura acadêmica “tradicional”, de departamentos e centros. As escolas são lideradas pelo(a) Decano(a) e não irão substituir a estrutura administrativa que a instituição adota desde 2004, na qual os diferentes Cursos, Programas, Projetos e Atividades de pesquisa, ensino e extensão são administrados pelas Unidades Acadêmicas e Unidades de Apoio.

Cada escola ainda será identificada como um conjunto de Cursos, Programas, Projetos e Atividades de pesquisa, ensino e extensão na sua área temática, mas sua estruturação é móvel e permeável em sua essência, fazendo com que os cursos sejam pensados com a participação de mais de um Decano.

Segundo a instituição o conceito de escolas é importante para garantir a:

  • excelência acadêmica;
  • sustentabilidade econômico financeira;
  • sustentabilidade socioambiental [Responsabilidade Social Universitária – RSU];
  • empreendedorismo e inovação;
  • compromisso com demandas futuras da sociedade;
  • vocação internacional;
  • sinergia;
  • escala e produtividade;
  • atividade em todos os espaços da universidade.
comments
#oficina#UnisinosCriativa

Previous Post

Next Post