Sobre comunicação e moda no RS

10 de novembro de 2009 Processocom

Daniela Schmitz

Entre os dias 27 e 30 de setembro, participei do 5º Colóquio Nacional de Moda, em Recife. Já é o 4º ano que participo do evento no GT que discute a interface Moda e Comunicação e pude acompanhar durante esse tempo o crescimento do número de pesquisas que investigam objetos na inter-relação entre os dois campos. Para minha grata surpresa, vários gaúchos apresentaram trabalhos nesse GT em 2009.

Esse ano, em função do crescimento do evento e das reformulações nos Grupos de Trabalho, os participantes que se filiavam ao GT Moda e Comunicação puderam optar por se inscrever no grupo Moda, Meios de Comunicação e Estilo ou então Corpo, Moda e Comunicação, sendo que o segundo centrou suas discussões na área da semiótica. Minha opção recaiu sobre o primeiro pois, como pesquisadora da área da Comunicação, tenho me dedicado à investigação de objetos que se constituem na interface com a moda, deixando claro que o meu lugar de fala se constrói a partir do campo da Comunicação, até mesmo pela minha formação (publicitária, mestre em Comunicação e doutoranda em Comunicação e Informação) e também pela área de investigação (recepção dos meios).

Minha surpresa em relação ao número de gaúchos que apresentaram trabalho nesse último evento se deve ao fato de o Rio Grande do Sul não ser um pólo produtor de artigos de moda tão forte quanto São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte (exceção para a indústria calçadista), mas principalmente pelo levantamento realizado por Rainho (2007), apontando que, entre 1950 e 2007, somente 3 pesquisas científicas haviam sido realizadas em solo gaúcho com alguma problemática voltada à moda.

Acompanhar o crescimento do único evento acadêmico da área de moda no país e, principalmente o aumento do número de pesquisas sobre o tema no RS, me deixa bastante feliz em relação à aceitação que a temática vem recebendo em diversos PPGs, embora ainda tenhamos que conviver, por vezes, com o (pré)conceito que ronda as investigações sobre moda – já é assunto para um outro post. Por hoje, prefiro ficar com o sentimento de satisfação e esperança que o número de trabalhos com autores gaúchos me suscitou.

Referências

RAINHO, Maria do Carmo Teixeira . A produção acadêmica em moda e indumentária no Brasil: estado da arte. In: 3º Colóquio Nacional de Moda, 2007, Belo Horizonte. CD ROM dos Anais do 3º Colóquio Nacional de Moda, 2007.

comments

Previous Post

Next Post